Policlínica dorense é exemplo, e UPA sanjoanense pode fechar

Spread the love

O auditor fiscal de Minas Gerais, Fernando Terra, também vereador na cidade de Barroso, filiado ao PP, destacou em entrevista durante o jornalismo, ao vivo, da Rádio Atrativa 94,3 FM no último sábado (07), que a Prefeitura Municipal de Dores de Campos tem sido um exemplo ao investir “pesado” na área da saúde. “Diante de tanto descaso no Brasil com a saúde pública, a Prefeitura dorense tem sido um dos belos exemplos”, destacou. Conforme a nossa reportagem apurou, a Prefeitura tem uma despesa de quase R$ 800 mil ao ano, somente com o atendimento médico 24 horas na Policlínica.

Este elogio vem de encontro a uma péssima notícia para a saúde na região das Vertentes, o provável fechamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São João Del Rei, com uma dívida estimada em quase R$ 2,5 milhões. Segundo o assessor jurídico da UPA, André Elias Atalla, o déficit seria referente a problemas previdenciários, dívidas trabalhistas e contas a pagar com fornecedores.

Saúde

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*