Comandante geral da PM autoriza prisões em caso de aglomeração

Spread the love

URGENTE! O comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Rodrigo Rodrigues, afirmou que a corporação atuará nos 853 municípios mineiros para evitar aglomerações, neste momento de alta nos casos de COVID-19 em Minas. O comandante participou da entrevista coletiva, nesta terça feira (22) na Cidade Administrativa, conduzida pelo secretário de Estado da Saúde, Carlos Eduardo Amaral. O coronel informou que dará apoio às equipes de fiscalização dos municípios, em casos de eventos que gerem aglomerações. “Estamos para dar apoio e atuar em resposta a essa necessidade. Primeira parte, orientação e conscientização. Parlamenta com as pessoas envolvidas. Mostra a importância de cumprir as orientações para proteção da vida delas, proteção de outros e não fazer o vírus circular muito mais. Mas, em último caso, fazer valer o poder de polícia. E aquela pessoa poderá ser conduzida sim”, disse.

O anúncio da atuação da PM para conter aglomerações foi feito pelo governador Romeu Zema (Novo) nas redes sociais horas antes da coletiva. “Determinei à @pmmg190 que intensifique a atuação neste fim de ano para evitar aglomerações nas ruas e conscientizar os mineiros. Estamos vendo um número crescente de casos e ocupação de leitos”, disse. O comandante-geral reforçou que os policiais darão suporte aos fiscais dos municípios no cumprimento das regras de isolamento social. Informou ainda que as viaturas devem usar os megafones para orientar, conscientizar a população e dispersar aglomerações. A primeira atuação da PM é com o propósito de conscientizar, conforme frisou o coronel. Segundo ele, depois de orientar e a pessoa não cumprir, ela incorre na desobediência  o que pode levar a prisão. O comandante informou que, na maior parte das abordagens por policiais, as pessoas atendem às orientações, não sendo necessária medida mais drástica.

Ofertas do Supermercado Dorense

Farma Popular

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*