Padre pretende comprar terreno para a construção da nova Matriz

Spread the love

Um antigo sonho do padre Paulo Marcelo pode se concretizar nos próximos anos: A construção da nova Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores. Pároco de Dores de Campos há 14 anos, o padre sabe que a atual Igreja Matriz não tem suportado a quantidade de católicos que participam das inúmeras celebrações. Na prática, o padre anunciou durante as Missas deste final de semana, sábado (07/07) e domingo (08/07), a sua intenção de antecipar para o início do próximo mês de agosto, o movimento das barraquinhas da Festa de Nossa Senhora das Dores, com o objetivo de aumentar a arrecadação e as condições financeiras para que a Paróquia possa comprar o terreno na região Central, onde a nova Matriz será erguida.

Conforme a nossa reportagem apurou, este terreno está localizado nas proximidades da rua Joel Gonçalves e estaria no valor aproximado de R$ 400 mil. “O padre Paulo pretende comprar o terreno ainda neste ano, para lançar a pedra fundamental da nova Matriz no mês de dezembro e começar as obras já em 2019”, destacou uma voluntária da Paróquia, que completou em seguida: “Será uma grande campanha. Uma grande demonstração de fé da população dorense”, finalizou.

Igreja do Rosário

Atualmente, o altar da Igreja de Nossa Senhora do Rosário está sendo totalmente reformado, por intermédio da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário.

Ofertas do Supermercado Dorense

Ofertas da Drogaria Americana

11 Comentários

  1. distribuir esse dinheiro pros pobres e entidades nao seria mais apropriado?
    gastar 400 mil em um terreno e mais o dinheiro da obra, seria muito incoerencia num pais cheios de necessitados.
    outro dia escutei na rua que gastaram 500 mil em campanha municipal. fico pensando que disparate cometem esses partidos e correligionarios da cidade. gastando uma fortuna por vaidade ou interesse proprio.
    fica a dica.

  2. Com todo respeito Josiane, você tem todo o direito de não concordar e dar sua opinião, vale lembrar que a Igreja possui diversas pastorais que ajudam e muito a população. Nesse caso, nossa Igreja Matriz não comporta mais o número de fiéis, isso é uma necessidade. Com toda certeza as pessoas que estão á frente desse projeto sabem o que estão fazendo!

  3. Não questionando a construção da nova Matriz,mas lembrando que no momento Dores de campos nessecita tambem de um novo cemiterio.

  4. Estamos passando por uma crise financeira tremenda em nosso país…. acho uma incoerência, justamente no momento que até aqui em Dores, temos muita gente necessitada de cirurgias,medicamentos,alimentos,emprego e etc.. gastar milhões em projeto de uma nova matriz! Onde se tem uma das igrejas mais bonita da região!!! Acho que o povo precisa é de amor e não de templos maravilhosos!!! Amar ao próximo como a ti mesmo e a Deus sobre todas as coisas

  5. Concordo co vc Marcos Lopes ,tantos dorences na fila precisando de exames ,cirurgias e faz pouco tempo que a matriz teve reforma do telhado,pintura deviam ter visto isso antes

  6. ricardo silva belo

    vaidade essa e a palavra. no meio que vivemos a maioria das pessoas nao consegue sequer pagar contas basicas.
    muito contestavel essa decisao do padre.

  7. Bom dia a todos!
    Eu concordo com essa atitude de uma nova Igreja, pois a Matriz de Nossa senhora das DORES ficou pequena para a comunidade Dorense e uma nova Igreja além de trazer mais conforto para a sociedade será mais um Patrimônio para DORES De Campos. Quanto a crise sempre existiu e sempre vai existir ,Parabéns ao Padre e que ele consiga á concluir seu objetivo.

  8. Carlos Alberto martins

    IGREJAS NAO PAGAM IPTU IPVAIPI ICMS , ENQUANTO O POVO PAGA TUDO E PAGA PRA TODOS.
    QUANDO DIGO IGREJAS , INCLUO EVANGELICAS E CATOLICAS.
    SE DEUS EXISTE MESMO DEVE ESTAR MUITO PUTO COM SEUS PASTORES, QUASE TODOS SAO INESCRUPULOSOS, SO QUEREM EXPLORAR ESSES POBRES COITADOS FIEIS CHEIOS DE CULPA.
    TEMOS MALAFAIA EDIR MACEDO JJ SOARES E MUITOS PADRES PEDOFILOS SOLTOS POR AI, SE ESCONDENDO ATRÁS DE BATINAS.
    NAO GOSTO DE RELIGIÃO, GOSTO DE PESSOAS QUE SÃO VOLUNTÁRIAS SEM GANHOS FINANCEIROS E FAZEM O BEM DE GRAÇA, DESCULPEM O DESABAFO, MAS AS COISAS FUNCIONAM DESSA FORMA QUE RELATEI. INFELIZMENTE.

  9. André Malta Silva

    Concordo com a atitude do Padre Paulo, pois trata-se de uma necessidade de abrigar com maior conforto os fieis de nossa cidade. Além disso não é obrigação da Igreja pagar exames ou consultas para a população isto é um dever do Estado e não de qualquer ente religioso.

  10. Daniella Fernanda Moreira

    O projeto para construção de uma nova Matriz não está relacionado a luxo ou vaidade, e sim à necessidade de um espaço maior que possa acolher seus fiéis de forma a participarem, mais ativamente, das celebrações. Percebi que algumas pessoas, infelizmente, desconhecem o trabalho da igreja católica, através do nosso pároco e das diversas pastorais, que direta ou indiretamente, acolhem famílias carentes, financeira ou emocionalmente falando. Quanto a investimentos na área da saúde, cabe à administração pública, a qual existe com esse fim.

  11. Gostaria de parabenizar o trabalho e o esforço do `Padre Paulo. Dentre outros que também deixaram seu legado. Com ajuda de Deus vamos construir sim. Nós dorenses somos muitos solidários. Quando morava em Dores e fazia parte da diretoria do Acas. Fizemos um bingo e compramos uma casa no bairro rosário onde é hoje a sede do Acas. Pode contar comigo. Um abraço.

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*