Prefeitura com novidades na COHAB e na SETOP em BH

Spread the love

Nesta terça-feira (24/01) o prefeito Marcílio Cotta (PMDB) e o vice-prefeito Aguinaldo do Lado (PMDB), acompanhados pelo chefe de gabinete da Prefeitura, Wagner de Paula, pelo secretário municipal de obras e urbanismo, Olacy de Lourdes Braga, e também pelo assessor do deputado federal Luiz Fernando (PP), Wilson Milagres (Wilsinho), participaram de uma importante reunião, em Belo Horizonte, com o presidente da COHAB/MG, Alessandro Marques, e com a assessora de apoio institucional da COHAB/MG, doutora Luciana Almeida.

Na oportunidade, a comitiva dorense solicitou o apoio na implantação de um novo Empreendimento Habitacional em Dores de Campos, com a realização de uma pesquisa de demanda, para verificar qual padrão poderá ser utilizado no município, as tradicionais casas populares ou os prédios de três andares, os conhecidos condomínios. É importante destacar, que todo o procedimento ainda está no início, mas a Prefeitura já possui uma grande vantagem, com os 50 lotes já existentes no bairro Eldorado, na COHAB, onde a administração do então prefeito Ilídio Neto (PMDB), construiu 50 casas, facilitando toda a infraestrutura inicial para esta nova etapa.

Mais reunião em Belo Horizonte

Numa outra reunião, também em Belo Horizonte, nesta terça-feira (24/01), na Secretaria de Obras Públicas do Governo de Minas Gerais (SETOP), os membros da atual administração municipal, se encontraram com o diretor de atendimento aos municípios, Marcos Márcio da Rocha Ferreira, onde foram consultadas a real situação dos mata burros que serão instalados na zona rural de Dores de Campos. Na oportunidade, foram intensificadas as conversas na busca de melhorias para a infraestrutura urbana do município, como pavimentação asfáltica, calçamento e outros.

Prefeitura

Ofertas do Supermercado Dorense

Ofertas da Drogaria Americana

Um comentário

  1. Parabéns para administração 2017…2020 que a cada dia vem mostrando muita vontade de trabalhar para a nossa cidade. Parabéns Prefeito Marcílio Cotta e vice Aguinaldo

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*