BOMBA! Dores pode ter esquema de envio em massa de FAKE NEWS

Spread the love

EXCLUSIVO! Um suposto esquema de envio em massa de mensagens falsas no WhatsApp em Dores de Campos nestas duas últimas semanas de campanha política pode estar sendo descoberto e trazer graves consequências para os seus mentores. A nossa reportagem conversou com dois dorenses que tiveram os seus números de CPF roubados por uma pessoa que os utilizou para registrar um chip da Vivo e outro Chip da Tim nesta última semana. Por coincidência, os dois descobriram o uso indevido dos seus documentos ao entrarem em contato com as operadoras para tratarem de outros assuntos relacionados as suas linhas verdadeiras. “Muito esquisito. Estava conversando com a atendente para reclamar do valor da minha conta da Vivo, quando ela me disse que outro Chip foi registrado em meu nome nos últimos dias”, comentou uma das vítimas.

A nossa reportagem conversou com um policial civil especializado em crimes cibernéticos, e ele disse acreditar que alguém estaria registrando esses números utilizando o CPF de outras pessoas com o objetivo de propagar FAKE NEWS, prática que tanto a Polícia Civil de Minas Gerais, quanto a justiça eleitoral já estão investigando. Na última quarta-feira (28) o WhatsApp baniu 256 contas a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em razão do envio em massa de mensagens, o que é proibido por lei. No caso de Dores de Campos, apuramos que existe uma investigação nestes dois casos com o objetivo de descobrir qual o interesse político por trás deste suposto esquema. Existe uma suspeita muito forte, que os números dos documentos dos dois dorenses vítimas deste golpe, tenham vazado através do roubo de dados cadastrais de algum estabelecimento comercial. Já é de conhecimento que o chip da Vivo foi comprado em Prados e o da Tim em Dores de Campos.

Ofertas do Supermercado Dorense

Farma Popular

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*