Vereador pediu faixas de pedestre e manutenção em rede pluvial

Spread the love

O vereador Cimerco (Progressistas) encaminhou ao prefeito Marcílio Cotta (MDB) uma importante solicitação a respeito das faixas de pedestre da avenida governador Valadares no Centro. Diante do recapeamento asfáltico que foi realizado no local, as faixas deixaram de existir e o vereador está pedindo uma atenção da administração neste sentido. Na oportunidade, Cimerco (progressistas) também solicitou uma atenção na rede de água pluvial da rua Teófilo Silva no bairro Capãozinho, que estaria trazendo muitos transtornos na região.

Ofertas do Supermercado Dorense

Ofertas da Drogaria Americana

4 Comentários

  1. Vanessa Aparecida Gomes

    Eu moradora dorense estive com o prefeito e perguntei pelas faixas de pedestre,ele na mesma hora respondeu:as pintura de faixa e de responsabilidade da empresa Pavel que estará realizando o mais rápido possível!

  2. Com certeza, as faixas estão fazendo falta na avenida Governador Valadares, pois com elas os motoristas não respeitam, imaginem sem elas.

  3. Maria Aparecida Melo

    Vereador Oportunista! Sabe que vai ser feito nos próximos dias e quer ganhar o mérito.

  4. Só acho que vereador pelo tanto que recebe por 2 sessões por mês deveria trabalhar mais, mandar papelzinho para prefeito não justifica o que recebe, isso poderia ser dito pessoalmente.
    Tem tanta coisa a ser feita nessa cidade que os vereadores poderiam fazer, mas, acostumaram apenas receber o dinheiro dos impostos e votar contra se for oposição e a favor se for situação. Se o prefeito não mandar projetos, ficam parados ano inteiro, não sabem fazer nada, acham que não podem trabalhar.
    Infelizmente é muito dinheiro gasto sem retorno nenhum para o cidadão que sofre.
    Vamos ver se esse ano o eleitor não se vende por migalhas e escolhe representantes capazes e que conheça o mínimo e não tenha preguiça.

Responder para Maria Aparecida Melo Cancelar resposta

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*