Funcionário filma água jorrando é agredido e ameaçado de morte

Spread the love

A Polícia Militar foi acionada no início da tarde desta quarta-feira (27) na entrada da Prefeitura Municipal de Dores de Campos onde um funcionário foi agredido com golpes de capacete e ainda ameaçado de morte, segundo o boletim de ocorrência (BO) que a nossa reportagem teve acesso com absoluta exclusividade. Segundo apuramos, tudo começou na madrugada de hoje, por volta das 4 horas, quando o funcionário da Prefeitura filmou uma casa no bairro da Cohab onde a água vazava de forma incessante, o que chamou a atenção, diante das inúmeras reclamações de falta d´água dos moradores desta mesma casa, tanto no mandato do ex-prefeito Toninho do Ninico (PSDB), quanto no mandato do atual prefeito, Marcílio Cotta (MDB).

“Achei muito estranho. Todos os dias tem reclamação de falta d´água nesta casa. Eles usam as redes sociais, a rádio e até os vereadores para reclamarem da Prefeitura e, a gente sempre manda os funcionários para tentarem localizar o problema e chegando lá, está tudo normal. Desta vez, eles dera azar e eu consegui filmar a água que estava sendo jogada fora propositalmente”, comentou  o funcionário. De acordo com o boletim de ocorrência (BO), o dono da casa se encontrou com o funcionário da Prefeitura, e lhe deu dois golpes utilizando um capacete e logo em seguida, o ameaçou de morte, diante das filmagens, que a nossa reportagem também está publicando com absoluta exclusividade. O homem foi detido em flagrante pela Polícia Militar e liberado em seguida, devendo de apresentar em juízo na Comarca de Prados em data a ser definida pela justiça.

Veja o flagrante da água sendo desperdiçada durante a madrugada:

Leia o histórico do Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar:

Ofertas do Supermercado Dorense

Ofertas da Drogaria Americana

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*