PSDB dorense está suspenso sem a prestação de contas de 2017

Spread the love

Tradicional partido de aluguel em Dores de Campos, o Diretório Municipal do PSDB está suspenso pela justiça eleitoral por falta de prestação de contas no ano de 2017, conforme decisão do juiz da Comarca de Prados, doutor Flávio Mondaini. Partido sem qualquer expressão eleitoral entre os dorenses, o PSDB se tornou um grande e verdadeiro balcão de negócios.

Para se ter uma ideia da total falta de ideologia dos seus dirigentes, na eleição municipal de 2012 o partido se aliou aos Democratas e ao PT. Com os Democratas trata-se de uma união natural, já com o PT, os tucanos conseguiram contrariar todas as orientações em nível estadual e nacional, diante da sede pelo poder e pelas vantagens.

“O PSDB de Dores de Campos é uma farsa. Já fui filiado ao partido e posso garantir que é um verdadeiro balcão de negócios. Eles usam o partido na busca por cargos na Prefeitura ou por descontos na UNIPAC. Não aguentei tanta mediocridade e saí”, destacou um ex-correligionário, completando em seguida: “Precisamos de uma intervenção no Diretório Municipal do PSDB”, finalizou.

A nossa reportagem teve acesso a decisão do juiz, doutor Flávio Mondaini, que suspendeu o repasse de cotas do Fundo Partidário ao PSDB dorense. Na oportunidade, o magistrado mandou comunicar o fato aos Diretórios Estadual e Nacional. O número do processo é 37-26.2018.6.13.0228.

Leia um trecho da decisão:

A situação do PSDB em Dores de Campos é tão estranha que no site oficial do partido em Minas Gerais, não consta a existência do Diretório Municipal no município. Tanto que o deputado estadual Dalmo Ribeiro (PSDB), mais o deputado estadual Gustavo Valadares (PSDB) e o deputado federal Domingos Sávio (PSDB), presidente do partido em Minas Gerais, são apoiados pelos Democratas e não pelos tucanos de fachada.

Site do PSDB sem o Diretório Municipal de Dores de Campos

Ofertas do Supermercado Dorense

Ofertas da Drogaria Americana

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*