Covid-19! Crise atingiu as selarias dorenses que perderam vendas e já estão demitindo funcionários

Spread the love

A crise econômica provocada pelo Covid-19, o novo Coronavírus, atingiu em cheio as selarias de Dores de Campos, a Capital das Selarias de Minas Gerais, de acordo com a lei estadual 22.861 de 8 de abril de 2018. Conforme a nossa reportagem apurou com exclusividade, as vendas já registram uma queda de aproximadamente 50%, de acordo com cinco empresários ouvidos pela nossa reportagem na manhã desta segunda-feira (13), o que obrigou as selarias demitirem 50 funcionários entre os meses de março e abril, segundo dados oficiais do Governo Federal. Além das demissões, algumas selarias optaram em deixar parte dos funcionários em casa, porém sem receber salário. Outras reduziram a carga horário dos seus trabalhadores, mas também reduziram os seus salários quase que pela metade.

As selarias estão convivendo com um grande número de cancelamentos de pedidos. Um empresário chegou a citar, como exemplo, que um cliente cancelou a compra de R$ 100 mil em selas e acessórios. O ex-presidente da Associação, Comercial, Industrial e Agropecuária de Dores de Campos (ACIDEC), Ronaldo Montes, disse que outro fator que tem contribuído para a crise nas selarias, é o provável cancelamento dos grandes eventos, como a Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Machador, em Belo Horizonte, agendada para o mês de julho, assim como o tradicional Rodeio de Barretos no interior de São Paulo, previsto para o mês de agosto, em falar nas inúmeras exposições agropecuárias.

Vendas na Internet

A nossa reportagem também apurou, que alguns dorenses já estão registrando uma queda de aproximadamente 70% nas vendas pela internet. Em Dores de Campos além das grandes selarias venderem os seus produtos pela internet, muitos pequenos comerciantes também entraram neste ramo e estão enfrentando muitas dificuldades com a queda brusca em suas vendas, provocada pela pandemia do Covid-19, o novo Coronavírus. “Vendo pela internet há três anos. Minhas vendas caíram mais da metade e como eu compro os produtos das selarias para revendê-los, fui obrigado a cancelar muitos pedidos”, garantiu uma fonte consultada pela nossa reportagem.

Viajantes

Outro problema detectado pela nossa reportagem, são os vendedores – viajantes, que percorrem praticamente todas as regiões do Brasil para negociarem as selas e seus acessórios. Como as viagens estão suspensas, muitos já estão enfrentando grandes dificuldades financeiras, tanto com os seus fornecedores quanto com os seus credores. “Estou cinco noites sem dormir. As pessoas não fazem ideia dos problemas que estamos enfrentando. Se a situação não se normalizar em breve, teremos uma quebradeira generalizada em Dores de Campos”, revelou um vendedor.

Ofertas da Drogaria Americana

Ofertas do Supermercado Dorense

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*