Câmara de Prados votou os salários do prefeito, vice e vereadores

Spread the love

Por cinco votos contra e três votos a favor, os vereadores da Câmara Municipal de Prados não aprovaram a redução dos salários dos próprios vereadores para a próxima legislatura, entre os anos de 2021 e 2024. O vereador Cesar Cabeção (MDB) apresentou uma Emenda reduzindo o salários dos atuais R$ 1.520,21 para o valor do salário mínimo vigente, mas a Emenda foi rejeitada. Em seguida o projeto de lei 042/2020, foi aprovado com sete votos a favor e um contra. Desta forma, os vereadores pradenses eleitos em 2020, continuarão com o salário de R$ 1.520,21. Os vereadores também aprovaram o projeto de lei 041/2020, que definiu o salário do prefeito para os próximos quatro anos no valor de R$ 10.000,00 e do vice-prefeito em R$ 3.795,36, além dos secretários municipais em R$ 2.425,78.

Como votaram em vereadores pradenses para a redução dos salários:

Favor: César (MDB); Daniel (PT); Naninho (PT).

Contra: Lourival (PSDB); Delfim (PSDB); Paulinho (PSDB); Vagner(PSDB); Giselda (PT).

A vereadora Vicentina (PSDB) não votou em nenhum dos casos. Como presidente da Câmara, ela só votaria se houvesse a necessidade de desempatar a votação.

Veja abaixo os valores dos salários do Executivo e Legislativo pradense:

  • Prefeito: R$ 10.000,00
  • Vice-Prefeito: R$ 3.795,36
  • Secretários Municipais: R$ 2.425,78
  • Vereadores: R$ 1.520,21

Dores de Campos

A Câmara Municipal de Dores de Campos deverá votar nesta quinta-feira (01) os salários para o próximo mandato do prefeito, vice-prefeito e dos próprios vereadores.

Ofertas do Supermercado Dorense

Farma Popular

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*