Prados deverá ter uma das eleições mais disputada da sua história

Spread the love

O vizinho município de Prados promete ter uma das eleições mais disputadas da sua história neste ano de 2020, caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirme a realização do pleito. Dois pré-candidatos de peso irão disputar o cargo de prefeito, trazendo ao cenário municipal a polarizada disputa estadual e nacional entre PT e PSDB.

O ex-prefeito Gustavo Gastão (PT) já confirmou a sua pré-candidatura, depois de governar o município pradense entre os anos de 2005 e 2012, quebrando uma antiga hegemonia entre MDB e PSDB. Não bastasse isso, Gustavo ainda elegeu o seu sucessor, o então vice-prefeito Liu (PT), que governou Prados de 2013 a 2016. O nome do provável vice-prefeito ainda não foi anunciado, de acordo com o presidente do PT, o ex-vereador José Diniz da Cunha.

Do outro lado, o atual prefeito Juninho do Léster (PSDB) que até então não havia ocupado nenhum cargo político, mas que surpreendeu em 2016 ao vencer o ex-vice-prefeito Marcos da Finta (MDB), com uma diferença que ultrapassou a casa dos mil votos, já se lançou como pré-candidato à reeleição. Ao seu lado, o vice-prefeito Ari, também pré-candidato à reeleição, político experiente que já ocupou esse mesmo cargo durante as duas gestões do “saudoso” ex-prefeito Paulo Vale.

Ofertas do Supermercado Dorense

Ofertas da Drogaria Americana

Um comentário

  1. Bom dia. Primeiramente, gostaria de apontar que não precisava de aspas na palavra saudoso quando em referência ao ilustre Paulo Vale. Eis que, de fato, digno de muitíssimas saudades por muitas pessoas.
    Quanto ao quadro vislumbrado para as eleições de 2020, é de dar inveja, porque caia na mão de quem cair, ou seja, seja eleito este ou aquele, Prados estará bem servida diante da constatação de que ambos foram bons Prefeitos!
    Ao contrário de uma certa cidade vizinha que há duas décadas coleciona intendências confusas e mal gerenciadas, o que se evidencia, em relação a Prados, pela qualidade da água e tratamento de seu esgoto, bem como pela ordenação do comércio de artesanato, dentre outras atitudes e sistemas adotados pela administração municipal pradense em questões que Dores não poderia ter ficado para trás.
    Trocando em miúdos, Dores de Campos precisa de um grande Prefeito para compensar…

Comentar

Seu email não será publicado. É necessário preencher os campos com * *

*